Festival Internacional de Cinema Infantil em São Paulo exibe 22 curtas-metragens nacionais que concorrem ao Prêmio Brasil de Cinema Infantil

10ª edição do Prêmio teve 160 inscritos em três categorias; Vencedores serão divulgados em novembro

 

Para valorizar e revelar o que há de melhor na produção audiovisual brasileira direcionada ao público infanto-juvenil, a 15ª edição do Festival de Internacional de Cinema Infantil (FICI), exibirá os curtas-metragens finalistas da 10ª edição do Prêmio Brasil de Cinema Infantil, que fomenta o reconhecimento de novos cineastas brasileiros e suas obras. Os 22 curtas concorrentes serão exibidos em sessões no Cinemark Eldorado no dia 29 de setembro.

“Apresentar esses curtas durante o Festival é mais do que um presente para os pequenos. É o reconhecimento de um trabalho incrível e sensível das novas gerações de cineastas brasileiros, que dedicam suas obras às crianças. Essa é uma das missões do FICI: abrir espaço e  estimular a produção audiovisual brasileira direcionada a esse público e mostrar o potencial que esse nicho tem na expansão do mercado nacional”, diz Carla Esmeralda, diretora do evento.

Este ano, o Prêmio recebeu 160 inscrições – 12,5% a mais do que em 2016 – em três categorias: Histórias Animadas (animações), Histórias Curtas (live-action) e Mostra Teen. Um júri especializado selecionou os finalistas para a premiação que, agora, terão os vencedores eleitos por um júri composto apenas por crianças. Os resultados serão divulgados em novembro, durante o FICI em Natal (RN), e os vencedores de cada categoria receberão um prêmio de finalização da Afinal Filmes, e os três primeiros colocados por categoria serão exibidos pela TV Brasil.

O FICI terá meia-entrada para todos no Cinemark e este ano será lançado primeiro em São Paulo (SP), de 21 de setembro a 1º de outubro; Estará de 2 a 12 de novembro em Salvador (BA), Aracaju (SE) e Natal (RN), e finalmente chegará ao Rio de Janeiro e Niterói (RJ) de 24 de novembro a 3 de dezembro. A programação completa está disponível em: http://festivaldecinemainfantil.com.br/.

Confira, abaixo, as produções concorrentes em cada categoria.

  • Histórias Animadas | 6 anos (63 minutos)

A primeira Flauta, de Simon Brethé e Ricardo Poeira (2017/MG); As Aventuras do Chauá, dirigido por alunos da Escola Municipal de Santo Antônio do Norte (2016/ES); Bolas de Trapos, de Carlos Avalone (2017/SP); Brinquedo Novo, de Rogério Boechat (2017/RJ); Caminho dos Gigantes, de Alois Di Leo (2016/SP); Eric Acorde, de Telmo Carvalho (2016/CE); Insustentarte, de Thiago Ottoni (2016/GO); Meus vizinhos de árvore, de Alexandre S. Matos e Emanuel Barroso (2017/RJ); O Fim da Fila, de William Côgo (2016/RJ) e Uma aventura na Caatinga, de Laercio Filho (2017/PB).

  • Histórias Curtas | 8 anos (80 minutos)

A Câmera de João, de Tothi Cardoso (2017/GO); A Luta, de Bruno Bennec (2017/RJ); Dourado, de Bernardo Teixeira (2017/MG); Lá do Alto, de Luciano Vidigal (2016/RJ); Médico de Monstro, de Gustavo Teixeira (2017/SP) e O menino Leão e a menina Coruja, de Renan Montenegro (2017/DF).

 

  • Mostra Teen | 10 anos (81 minutos)

Crisálida, de Serginho Melo (2016/SC); Estranho Ímpar, de Beto Oliveira (2016/SP); Mãe de Giz, de Almir Correia (2015/PR); O Espírito do Bosque, de Carla Saavedra Brychcy (2017/SP); Órion, de Rodriane DL (2016/PR) e Xavier, de Ricky Mastro (2016/SP).